Preencha os campos
abaixo e ENVIE SUA PERGUNTA:

[[contato.title]]

[[contato.message]]

Socialização, uma aliada da memória

Você sabe como podemos medir nossa interação social? Para saber o quanto você se socializa verifique a frequência com que fala ao telefone com amigos e parentes, a frequência que se reúne com eles ou até mesmo pelo número de pessoas que compartilha momentos e sentimentos mais íntimos.

Se socializar tem um efeito protetor sobre o cérebro porque é uma forma de exercitar a mente. Interagir com as pessoas além de ser uma maneira de estimular o cérebro, é uma de forma de “afiar” a mente, melhorando a capacidade de raciocínio. Afinal, lidar com pessoas pode ser bastante desafiador. Possuir laços sociais fortes tem sido associado com menor incidência de hipertensão arterial e maior expectativa de vida; por outro lado evitar laços sociais parece ser um fator de risco para o declínio cognitivo em idosos.

Pesquisadores norte-americanos descobriram que falar com outra pessoa por 10 minutos por dia melhora a memória. Eles descobriram que a socialização foi tão eficaz quanto exercícios mentais tradicionais em aumentar a memória e desempenho intelectual. Eles também descobriram que quanto maior o nível de interação social, melhor será a função cognitiva do indivíduo. A interação social incluiu estar junto ou ao telefone parentes, amigos e vizinhos.

Outro estudo realizado por pesquisadores de Harvard com mais de 2.800 pessoas, com idade entre 65 anos ou mais, descobriu que aqueles com pelo menos cinco laços sociais - grupos religiosos, grupos sociais, visitas regulares ou telefonemas com a família e amigos - eram menos propensos a sofrer declínio cognitivo do que aqueles sem vínculos sociais.

Sendo assim, não deixe de aceitar convites ou atender telefonemas, socialize-se e mantenha sua mente ativa!

Referência:

1. Ybarra O, Burnstein E, Winkielman P, Keller MC, Manis M, Chan E, Rodriguez J. Social interaction promotes general cognitive functioning. Pers Soc Psychol Bull. 2008 Feb;34(2):248-59.

2. Bassuk SS, Glass TA, Berkman LF. Social disengagement and incident cognitive decline in community-dwelling elderly persons. Ann Intern Med. 1999 Aug 3;131(3):165-73

Veja também:

Boa memória vem do prato –  quais alimentos consumir para auxiliar na saúde mental e cognitiva?

Boa memória vem do prato – quais alimentos consumir para auxiliar na saúde mental e cognitiva?

Por que a memória falha?

Por que a memória falha?

Manteiga de cacau protege os neurônios

Manteiga de cacau protege os neurônios