Preencha os campos
abaixo e ENVIE SUA PERGUNTA:

[[contato.title]]

[[contato.message]]

Manteiga de cacau protege os neurônios

O chocolate é uma fonte de energia altamente nutritiva e de metabolismo rápido, que apresenta uma boa digestibilidade. O consumo de chocolate tem sido considerado benéfico à saúde devido à presença de antioxidantes naturais que podem auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares e cerebrais. Estudos realizados com o cacau, matéria-prima essencial na elaboração do chocolate, relatam que esta é a fonte com maior capacidade antioxidante quando comparado aos chás e ao vinho tinto.

O chocolate é um produto obtido de frações extraídas da semente de cacau que são: o liquor e a manteiga de cacau. As sementes de cacau são ricas em polifenóis, particularmente catequinas e procianidinas que apresentam contribuição positiva como antioxidantes na nutrição humana. A manteiga de cacau contém altas quantidades de antioxidantes e nutrientes protetores, como a vitamina E. Além de a manteiga de cacau ser comumente conhecida por seus benefícios para a pele, seu conteúdo antioxidante nutre o cérebro e o protege de doenças degenerativas.

Diversos estudos verificaram os efeitos protetores dos polifenóis e flavonoides presentes em plantas e derivados da dieta humana incluindo o cacau. Eles demonstraram que, a partir de dados de estudos in vitro, os polifenóis apresentaram funções antioxidantes capazes de inibir a oxidação de lipídios e do colesterol LDL. Estes compostos evitam os danos oxidativos causados por radicais livres que podem causar diversas doenças e podem levar à morte de neurônios.

Além de conter polifenóis, o chocolate é uma emulsão complexa que ativa os centros do bem estar no cérebro humano provavelmente, por possuir, em cada 100g, 5mg de metilxantina, 160mg de teobromina, fitoquímicos com efeito estimulante semelhante ao da cafeína, e 600 mg de feniletilamina um estimulante parecido com a dopamina e a epinefrina produzidos pelo organismo.

Estudos afirmam que, apesar de muitos estudos indicarem ser o consumo de gordura saturada um fator de aumento do colesterol, a ingestão regular de chocolate vem negando este fato e as pesquisas demonstram que, provavelmente, o ácido esteárico tenha um efeito neutro sobre o metabolismo do colesterol, enquanto o ácido oleico tenha efeito na redução do colesterol médio. Além da gordura e dos carboidratos simples presentes no chocolate, o cacau é rico em inúmeros minerais essenciais, como magnésio, cobre, potássio, zinco, manganês e ferro. Apesar de ser uma gordura saturada, o seu consumo pode ser benéfico para melhorar a imunidade, diminuir a inflamação e melhorar a saúde do coração quando há consumo dos que possuem altas concentrações de cacau.

Referências
1 - Schumacher, Andrea Bordin. “Desenvolvimento de um chocolate meio amargo com maior percentual de proteína.” (2008).
Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/13309 acessado em 07/12/16
2 - Steinberg, Francene M et al. Cocoa and chocolate flavonoids: Implications for cardiovascular health. Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics , Volume 103 , Issue 2 , 215 – 223

Veja também:

O estresse afeta a memória?

O estresse afeta a memória?

Meditar ajuda a memória

Meditar ajuda a memória

Riscos para a saúde cognitiva

Riscos para a saúde cognitiva