Preencha os campos
abaixo e ENVIE SUA PERGUNTA:

[[contato.title]]

[[contato.message]]

Por que a memória falha?

Um dos mitos que cercam a perda de memória relacionada à idade é que todas as lembranças desaparecerão com o passar dos anos. É claro que algumas informações podem se tornar mais difíceis de recordar, e novas memórias podem ser mais difíceis de se estabelecer no cérebro. Porém, outras memórias permanecerão tão acessíveis como sempre. Você já deve ter ouvido o ditado:

"Você nunca esquece como andar de bicicleta"

Esse ditado está certo, pois andar de bicicleta é um exemplo de memória processual, que é caracterizada pela lembrança de processos e habilidades, que não tendem a desaparecer com a idade. Por outro lado, as memórias visuais podem ser menos resistentes como, por exemplo, se lembrar de novas imagens. Diferentes tipos de memória podem diminuir com a idade, e a aprendizagem pode acontecer mais lentamente 1. Porém, gostaria de incentivá-los a pensar sobre a frase abaixo:

A dificuldade de se lembrar de algo pode ser porque você não tinha realmente aprendido em primeiro lugar 1.

Essa frase quer dizer que talvez, com esforço em aprender algo bem, podemos ser recompensados de nos lembrarmos melhor do fato. E pode ser que a cada dia que ficamos mais velhos teremos que nos esforçar mais, pois o nosso corpo muda. Mas afinal, o que muda em nosso cérebro que pode afetar na falha da memória e na aprendizagem?

As regiões cerebrais envolvidas no processamento da memória, tais como o hipocampo e especialmente os lobos frontais, sofrem alterações relacionadas com a idade. Essas alterações podem prejudicar a codificação, consolidação e recuperação de novas informações 1. Adultos saudáveis com mais de 55 anos perdem anualmente aproximadamente 1 a 2% de volume no hipocampo, área crucial para formação e recordação de memórias 2.

Logo, se você e seu filho, ou neto, aprendem um novo jogo de computador juntos, pode ser que no dia seguinte eles tenham mais chances de se lembrar dos detalhes do jogo. No entanto, com força de vontade e esforço é possível superar algumas dificuldades naturais relacionadas com a idade. Em muitos casos, com esforço para aprender algo bem, você será recompensado, pois será capaz de se lembrar, assim como uma pessoa mais jovem 1. Por isso, para estimular a sua mente, você pode realizar atividades como:

Ler
Jogar cartas
Fazer palavras cruzadas
Aprender uma nova língua
Tocar um instrumento musical

Referências
1 - Patient Education Center. How memory changes with age. 2017 http://www.patienteducationcenter.org/articles/how-memory-changes-with-age/
2 - Raz, N., et al. 2004. “Differential Aging of the Medial Temporal Lobe: A Study of a Five-Year Change.” Neurology 62(3): 433−8.

Veja também:

Você conhece a Clorella?

Você conhece a Clorella?

Socialização, uma aliada da memória

Socialização, uma aliada da memória

Exercícios Mentais: atividades que ajudam na manutenção da saúde mental/memória.

Exercícios Mentais: atividades que ajudam na manutenção da saúde mental/memória.