Preencha os campos
abaixo e ENVIE SUA PERGUNTA:

[[contato.title]]

[[contato.message]]

Dieta MIND: reduz o risco para o desenvolvimento de Alzheimer

Os hábitos alimentares estão associados com a nossa saúde e bem-estar, sendo considerados fatores protetores para a memória1. No entanto, a busca por combinações de alimentos que favoreçam cada vez mais a saúde e longevidade é contínua. Estudos recentes mostraram que uma dieta, chamada MIND ( mescla da dieta Mediterrânea e da dieta DASH), foi muito efetiva na redução da incidência no desenvolvimento de Alzheimer. A dieta MIND parece proteger o cérebro de eventos que com o decorrer do tempo podem favorecer o aparecimento de Alzheimer. Vamos responder algumas questões acerca desta dieta2,3.

Como os testes da dieta MIND foram feitos?
Por quase 5 anos mais de 900 pessoas com mais de 50 anos tiveram seus hábitos alimentares acompanhados. Foi possível perceber que consumidores de alimentos da dieta MIND possuíam uma maior proteção quanto ao desenvolvimento de Alzheimer3.

O que é a dieta MIND?
A dieta MIND é uma mistura de duas dietas, a mediterrânea e a DASH (sigla para: abordagens dietéticas para reduzir a hipertensão), estas dietas estão associadas com potenciais benefícios para o coração. No entanto, também foi visto que a dieta mediterrânea e a DASH melhoravam a saúde cerebral das pessoas. A dieta MIND foi criada pensando especificamente nos alimentos que têm relação comprovada com redução do risco de doenças da mente2. Como resultado do consumo da dieta MIND, foram encontrados resultados melhores dos que os evidenciados pela dieta mediterrânea e DASH, em relação a uma melhora na cognição2,3.

Quais os alimentos que fazem parte da dieta MIND?
O grande diferencial da dieta MIND para as outras é a importância relatada dos alimentos naturais, como folhas verdes e berries. As berries são comumente conhecidas como “frutas vermelhas”, porém podem existir frutos de outra coloração, como o roxo e amarelo, que também pertencem a este grupo. De modo geral, berries são frutos pequenos com bastante polpa, sem caroço e, comumente, com muitas sementes incluídas na polpa, veja alguns exemplos abaixo4. Além disso, na dieta MIND há o consumo limitado de carnes e gordura saturada.

Alimentos com o consumo incentivado2:
Folhas verdes, como alface, couve e espinafre. Consumo diário;
• Outros vegetais e legumes, como repolho, acelga, abobrinha, tomate, pimentão, brócolis, couve-flor etc. Consumo diário;
Berries, como mirtilo, amora, framboesa, morangos, açaí e goji berry5. Pelo menos duas vezes na semana;
Oleaginosas (como nozes). 5 vezes na semana;
Azeite de oliva. Usado como óleo para cozinhar ou temperar os alimentos;
Vinho tinto. Uma taça ao dia;
Cereais integrais. No mínimo 3 porções ao dia;
Peixe (sem ser frito). No mínimo uma vez na semana;
Grãos (por exemplo, feijão, soja, lentilha). No mínimo 3 vezes na semana;
Frango (sem ser frito). No mínimo duas porções na semana.

Alimentos que devem ser evitados2:
• Manteiga ou margarina;
• Queijo;
• Carne vermelha e derivados;
• Alimentos fritos;
• Doces e sobremesa.

Nos estudos com a dieta MIND, as pessoas que tiveram uma melhor saúde cognitiva e menor incidência para desenvolver Alzheimer possuíam os hábitos alimentares da dieta MIND ao longo da vida. Por isso, é importante incorporar alimentos saudáveis, como os citados acima, no seu dia-a-dia, além de deliciosos fazem bem à saúde. Mas lembre-se, é importante consultar um profissional da saúde, como médico e nutricionista, para saber o que é recomendado para você.

Referências
1 - Scarmeas, Nikolaos, et al. 'Mediterranean diet and risk for Alzheimer's disease.' Annals of neurology 59.6 (2006): 912-921.
2 - Morris, Martha Clare, et al. 'MIND diet slows cognitive decline with aging.' Alzheimer's & dementia 11.9 (2015): 1015-1022.
3 - Morris, Martha Clare, et al. 'MIND diet associated with reduced incidence of Alzheimer's disease.' Alzheimer's & Dementia 11.9 (2015): 1007-1014. 4 - Dictionary of Food Science and Nutrition. A&C Black, London. 2006.
5 - Stoner, Gary D., et al. 'Multiple berry types prevent N-nitrosomethylbenzylamine-induced esophageal cancer in rats.' Pharmaceutical research 27.6 (2010): 1138-1145.

Veja também:

Boa memória vem do prato –  quais alimentos consumir para auxiliar na saúde mental e cognitiva?

Boa memória vem do prato – quais alimentos consumir para auxiliar na saúde mental e cognitiva?

O estresse afeta a memória?

O estresse afeta a memória?

Manteiga de cacau protege os neurônios

Manteiga de cacau protege os neurônios